quinta-feira, 21 de maio de 2015

Site Brasil 247 recebeu propina do Petrolão


Site que produz conteúdo para jornalistas publicarem contra informação petista na web, era sustentado com dinheiro roubado da Petrobras

Pascovitch 247
Em 26 de abril, O Antagonista reproduziu uma reportagem da Veja sobre os pagamentos de Milton Pascovitch, preso hoje pela Lava Jato, para o blog Brasil 247.

Leia novamente:
A Lava Jato descobriu quatro pagamentos do lobista da Engevix ao blog Brasil 247.
Diz a Veja:
"O Ministério Público identificou quatro pagamentos, de 30 000 reais cada um, das contas de uma empresa do lobista Milton Pascowitch para a editora 247, que mantém na internet o site Brasil 247. Os pagamentos foram feitos no segundo semestre do ano passado, em 15 de setembro, 10 de outubro, 11 de novembro e 10 de dezembro.

O documento da quebra de sigilo mostra que os valores saíram de uma conta da Jamp no banco Itaú (agência 4005, conta 02233-2) para a conta da editora 247, no Bradesco (agência 6621, conta 140400-8).

Um dos donos da editora 247 é o jornalista Leonardo Attuch, cujo nome já apareceu em uma das anotações do doleiro Alberto Youssef como beneficiário de seis pagamentos de 40 000 reais.

O Ministério Público investiga a Jamp, uma empresa de fachada criada com a finalidade de lavar dinheiro e que, suspeita-se, tenha servido para repassar dinheiro do esquema da Petrobras para os blogs de mercenários a soldo do governo e do PT".

Nenhum comentário: