quarta-feira, 16 de setembro de 2015

Pérolas do Golpe Bocelli

Em tempos de condenação do ex-prefeito Dário Berger pelo Tribunal de Contas do Estado (leia aqui), vale a pena republicar algumas pérolas criadas por parceiros de Berger, no decorrer do processo.

Bocelli: O show que só Gean Loureiro viu!

gean

   Um dos maiores escândalos envolvendo dinheiro público acontecido em Florianópolis está de volta à mídia: é o Caso Bocelli.

    Uma trama urdida nos gabinetes oficiais do Governo do Estado e Prefeitura Municipal de Florianópolis, ganhou repercussão internacional, quando um mega-super-show, planejado pelo então governador, Luiz Henrique da Silveira e o prefeito Dário Berger, acabou num fiasco monumental e no desaparecimento de mais de R$ 6 milhões dos cofres catarinenses.

    O que era para fazer a alegria de florianopolitanos e turistas, o show de Natal do maestro italiano Andrea Bocelli, simplesmente não aconteceu.

    A frustração da cidade virou indignação e caso de polícia. Na justiça, os mentores do escândalo, Luiz Henrique, Dário Berger e Mário Cavallazzi, tentam se safar com desculpas e explicações hilárias, que beiram o ridículo.

O gênio Cavallazzi

image

   Esta era a “contrapartida social” do município para justificar a liberação dos milhões pelo Funcitec

   Parece piada…mas é deboche!

3 comentários:

Anônimo disse...

ORGULHO DESSA CONSELHEIRA SABRINA!!! ENQUADROU TODOS!!!

Anônimo disse...


Parabéns Sabrina. Ferro neles.
Levanta a moral desse TCE.

Anônimo disse...

A esperança desse país está nas mãos dessa moçada, que devem sim seguir o exemplo do belo trabalho que vem fazendo o Juiz Sergio Moro.
Porque, se continuarmos dependendo dos "velhinhos gaga" dos Tribunais, esse país não vai melhorar nunca.
Tem que tocar-lhes "ferro", sem olhar sobrenome: se é Cavallazi, Berger, Rousef...