sexta-feira, 11 de setembro de 2015

Factóides provincianos

   Em novembro de 2014, o governador colombo comemorava a vitória, no senado, da renegociação da dívida dos estado e municípios. O relator da matéria era o senador Luiz Henrique da Silveira.                   índice      

“Esse valor, agora, não vai sair do caixa para pagar uma dívida, mas poderá se transformar em investimentos em áreas prioritárias para a população”, explicou Colombo.

Depois das comemorações, dos foguetes e busca-pés, nada aconteceu no caixa do Estado.

n-JOAQUIM-LEVY-large570   Hoje, 11 de novembro do ano da graça de 20125,   o ministro Joaquim Levy, diz não à redução do valor das prestações da rolagem da dívida dos estados, por pelo menos 2 anos, de 13% da receita líquida para 9%.

Nenhum comentário: