terça-feira, 17 de novembro de 2015

Colombo e os embutidos...

TRIPA   Por Dr. Egon Ihd*

   Li na imprensa e nos sites do governo estadual que:

   "O governador Raimundo Colombo se reuniu, na manhã desta sexta-feira, 13, com o presidente do Kalle Group, Carsten Heldmann, na sede da empresa em Wiesbaden, na Alemanha, para discutir investimentos da indústria em Santa Catarina. Ficou definido que em dezembro uma missão liderada por Heldmann terá novos encontros com o governo catarinense para buscar mais informações sobre o estado e aprovar a instalação da fábrica de “tripa sintética”.

   Trata-se de um investimento de R$ 40 milhões e a previsão é que a empresa seja instalada na Grande Florianópolis.

   Estranho é que as empresas que usam a "tripa" para acomodar os embutidos estão no meio oeste de SC. Aqui no litoral só a Tyson que comprou a Macedo&Koerich que produz frangos.

   Toda a suinocultura está nas terras à Oeste.

   Como psicanalista minha interpretação é que quando Colombo ouviu a possibilidade de produzir coisas para embutidos, imediatamente lembrou-se de armários embutidos e pensou: É uma forma de acomodar os cabides de emprego que o LHS criou nas Secretarias Regionais.

   Colombo pode estar sofrendo de "repetição repetitiva de memória seletiva". Uma nova hipótese no manual da American Psychiatric Association.

   E como a aliança do PSD com o PMDB aqui em SC vai de vento em popa, especula-se no mercado paralelo, o famoso mercado de carnes e embutidos, que as tais carnes moídas, enlatadas e perecíveis que o deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) exportava para a Africa poderão voltar a contribuir para a balança comercial brasileira. Afinal Cunha ficou rico e o PMDB tem interesse em aprender este negócio de exportação. Os empresários alemães da Kalle enxergaram um negócio luminar. Tipo aqueles que só a CELESC é capaz de proporcionar.

   Percebem o que é o mundo globalizado?

   Afinal este negócio de embutidos e armários também pode servir para muita gente se revelar. A psicanálise assim explica...

*Dr. Egon Ihd, psicanalista austríaco, discípulo de Freud, fundador da Escola do Pensamento Óbvio (uma das facetas dos seres humanos). Laureado pela Royal Academy of Brains, no Reino Unido pelo Rei George III (O Rei George III sofria de transtornos mentais recorrentes).

Nenhum comentário: