sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

Lula se perdeu


   Por Laercio Duarte

   Falando sério, Lula não precisava nada disso.
   O que levaria um imigrante nordestino ex faminto, que conseguiu chegar à Presidência da República, a desejar ter um triplex no Guarujá, um endereço típico da classe média paulistana babaca, que a turma do PT tanto odeia? (Não é doutora Marilena Chauí?).
   Lula não precisaria de imóvel nenhum. Nem para morar.
   As palestras internacionais que ele disse que fazia, na real poderiam ser muito interessantes, contando a história de um migrante faminto que se tornou metalúrgico, presidente de partido e, depois, Presidente da República no Brasil, uma das dez maiores economias do mundo. Poderia realmente faturar ainda mais prestígio, como faz o nosso Guga tenista ou o Oscar do basquete, que não se retiram e não se rendem nunca.
   Lula já tem as aposentadorias (incluindo a "bolsa ditadura"), as quais, se somadas à sua pensão vitalícia de ex presidente, dá para passar cada ano em um país diferente. E qual o país que não receberia um personagem como Lula? Até a Coréia do Norte, se ele quisesse. Mas, poderia ir para Cuba, um dos lugares mais aprazíveis do planeta, onde ele é até amigo dos donos.
   No Brasil, ele poderia escolher o Estado que melhor lhe agradasse, para passar uns tempos, seja no litoral, no planalto ou nas montanhas. Na Amazônia, assim como nos pampas, ele seria sempre uma atração à parte.
   Deveria ter se desvinculado da figura de presidente de honra do PT, e fazer como os presidentes aposentados dos Estados Unidos, que não interferem mais nas políticas partidárias. Deveria se portar como um personagem altivo e altaneiro, independente e autônomo, que desse conselhos a todos, independente de visão ideológica e partidária. Seria um tio Pepe Mujica, aquele uruguaio tupamaro que não tem nada pra contar de novo, mas faz tanto sucesso, mesmo vindo de um país insignificante no contexto internacional.
   Lula não precisaria mesmo passar por essa.
   O que o teria levado a ser tão imbecil ?, para usar a palavra com a qual ele ofendeu seu companheiro de partido, o senador Delcidio Amaral, que foi preso de forma algo grotesca para um homem de seu calibre.
   Eu creio que Lula sucumbiu principalmente a duas coisas, contra as quais apenas o desenvolvimento espiritual de um homem o faz confrontar-se, de forma bem sucedida:
   1) A necessidade de suprir uma carência insaciável de aconchego, diante de uma história de vida atribulada e sofrida internamente;
   2) A ambição egoica pelo poder, custe o que custar, refletindo o sentimento de vingança diante de um suposto mundo opressor.


Comentário: 
 Bravo...A citação referente a Dra. Marilena Chauí, é lapidar!
Ela odeia a classe média, disse em palestra na presença do Lula, que a aplaudiu...
Como pode a Marilena (um nome de classe média - poderia ser SUSAN, HELEN OU HELGA) SUPORTAR A DONA MARISA, EMPERIQUITADA, BOTOXIZADA, CHANNELIZADA, VITTONIZADA) CALÇANDO AQUELES SAPATOS DE SOLA VERMELHA (louboutin) no melhor estilo da classe média ascendente...???
Este é o PT que mudaria o Brasil. Para pior?

Att, Ana Maria Brega, da Globo.

4 comentários:

Anônimo disse...


Bravo...

A citação referente a Dra. Marilena Chauí, é lapidar!
Ela odeia a classe média, disse em palestra na presença do Lula, que a aplaudiu...
Como pode a Marilena (um nome de classe média - poderia ser SUSAN, HELEN OU HELGA) SUPORTAR A DONA MARISA, EMPERIQUITADA, BOTOXIZADA, CHANNELIZADA, VITTONIZADA) CALÇANDO AQUELES SAPATOS DE SOLA VERMELHA (louboutin) no melhor estilo da classe média ascendente...???
Este é o PT que mudaria o Brasil. Para pior ?

Att, Ana Maria Brega, da Globo.

Anônimo disse...


* Apenas uma correção. Concordo com todo o texto , com exceção a ' aposentadoria de ex-presidente ' . Isso não existe, Os ex-presidentes tem a sua disposição vitalícia, 3 seguranças e e veículos custeados pelo governo federal. Só isso.*

Anônimo disse...


Então só os ex-governadores é que podem ter suas aposentadorias especiais, aquelas vitalícias...?

Brasil e suas diferenças!

att, Dr. Deba de SC.

bonaster, o causídico. disse...

Pertinente o texto. Estudei alguns textos de Marilena Chauí na aula de sociologia, quase incompreensíveis, diga-se de passagem.