quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

Americas Quarterly tranforma juiz Moro em Caça Corruptos

 
Juiz à frente da Lava Jato, operação da Polícia Federal, Sérgio Moro ganhou a capa da atual edição da revista norte-americana Americas Quarterly. O magistrado brasileiro é destaque da publicação ao lado de outros quatro personagens que, de acordo com o impresso, formam a equipe de “caçadores de corruptos” na América Latina.

“Sérgio Moro é uma estrela, e a razão disso não é nenhum mistério. O jovem juiz brasileiro arrancou a tampa de um esquema de corrupção de longo alcance que tinha desviado mais de US$ 3 bilhões da empresa estatal de petróleo por meio de funcionários de alto escalão e partidos políticos”, escreve o editor-chefe da AQ, Brian Winter, ao se referir ao esquema conhecido como “Petrolão”.
Além do juiz do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, a revista americana sediada em Nova York contempla os “distintos líderes” José Ugaz (procurador peruano) e Viridiana Rios (ativista mexicana nas redes sociais). A dupla formada pelo promotor colombiano Iván Velásquez e pela promotora-geral da Guatemala, Thelma Aldana, completam o top 5 anticorrupção organizado pela publicação.

Sem esconder que os profissionais da redação estão “maravilhados” com o quinteto que pautou a principal reportagem do impresso, a Americas Quarterly chega a afirmar que as atuações dos “caçadores de corruptos” representam um momento histórico para a região, já que a “corrupção tem sido um problema nas Américas há séculos”, conforme analisa o veículo de comunicação.

“Do Brasil para a Guatemala e além, uma nova geração de procuradores, juízes e ativistas está a fazendo progressos extraordinários. Estes bravos e altamente qualificados ‘caçadores de corruptos’ são contra os infratores e estão a enviá-los para a prisão em números sem precedentes - não importa o quão poderosos sejam”, define a Americas Quarterly.

Nenhum comentário: