quarta-feira, 16 de março de 2016

Pó de pirlimpimpim

   Eliane Catanhêde (Estadão)
  

   Todos batem, todos apanham, e o PT e a presidente Dilma Rousseff tentam se agarrar a um salvador da Pátria: Luiz Inácio Lula da Silva. É como se Lula, num passe de mágica, ou com seu pó de pirlimpimpim, tal qual na obra de Monteiro Lobato, tivesse poderes para acabar com a pancadaria, estancar a Lava Jato, dar um choque na economia, inebriar a sociedade, salvar Dilma e se eleger nos braços do povo em 2018. Ufa!

   Antes de todos esses resultados mirabolantes, Lula precisa salvar a si mesmo do tríplex, do sítio e das empreiteiras que desabam sobre ele sob o peso das delações premiadas que se sucedem. A do senador Delcídio Amaral, que explodiu de vez o ambiente político, cita Lula 186 vezes e acrescenta duas bombas contra ele: a tentativa de comprar (literalmente) o silêncio de Marcos Valério no mensalão e de Nestor Cerveró no petrolão.


Leia artigo completo. Beba na fonte.

Nenhum comentário: