quarta-feira, 27 de julho de 2016

Investigados, Dado Cherem e Júlio Garcia, voltam à baila

   Recebo do amigo e colaborador, Marcos Bayer - em auto exílio pela fronteira -  esta cartinha:

   Caro Canga,
   Continuo com forte resfriado em Quaraí/RS.
Paisagem maravilhosa!
   Tenho ingerido muito analgésico uruguaio. É o Zolben...

   Li tua matéria sobre o TCE/SC. (
Conselheiro Júlio Garcia é investigado pela Promotoria da Moralidade)

   Lembrei que no inicio deste ano escrevi uma carta ao ex-deputado, Dado Cherem, agora envolvido em mais "uma", com o conselheiro Júlio Garcia, no Tribunal de Contas.
   Abraços gripados, Marcos. 


   A matéria a que o Marcos se refere é esta abaixo:

Carta ao Dado Cherem no Tribunal de Contas – TCE.  

Dado Cherem
   Caro Dado Cherem,
   Domingo sempre é dia bom para reflexão. Leio os jornais da semana, atrasado, em razão do sol forte e da maravilha das águas de Janeiro/2016, especialmente as daqui do sul.
   O Moacir Pereira não informaria bobagem. Ele até já foi membro da Augusta Casa. Escreve ele, no DC, página 10, edição de 22/01/16, uma notinha: TRIBUNAL DE CONTAS.
   Diz que o tal acordo, agora costumeiro nas nossas instituições, de rachar o mandato da presidência da Corte de Contas, não vingará porque tu aguardas uma decisão da Justiça Estadual sobre tua repentina posse no cargo de conselheiro.
   Fazes bem, seria constrangedor assumir tal posição sub judice.
   Dá uma olhada no corredor onde estão os retratos pintados dos antigos presidentes. Olha só a envergadura moral e intelectual de alguns, especialmente os mais antigos.
   Olha só o esforço do Juiz Moro, lá de Curitiba, para prender, com robustas provas, a canalha que saqueava a República. Vai me dizer que tu não ficas orgulhoso de ter um brasileiro deste naipe. Olha um novo Brasil nascendo pelas mãos do pessoal da nossa geração.
   Jovens promotores, advogados, policiais federais, juízes... Todos na luta democrática e consolidando a República. Às vezes, até a imprensa...
   Dado, sei que a situação pode apertar às vezes. Aperta para todo mundo. Mas, não precisa ir logo para o Tribunal de Contas, como conselheiro.
   Faz o concurso que está em aberto para auditor externo de contas. Eu o farei, mesmo sem estudar. E se passarmos, juntos, poderemos comemorar este Brasil que prevíamos lá no Canto Grande na casa do Ike Gevaerd, quando nós te ajudávamos nas dificuldades momentâneas da vida. Lá nos idos de 1999.
   Pede um cargo em comissão ao Julio. Ele é boa praça, não te negará.
   Tu podes dizer que as regras do jogo são assim mesmo, que a política é deste jeito e que não tem jeito.
   Mas, não é bem assim não. Olha o Colombo, não o Cristovão, mas o Raimundo. Foram para a Europa, ele e o major Luiz, de férias, para conhecer o funcionamento dos trens rápidos. Ele fará a nossa Ferrovia do Frango, logo em seguida.
   Olha o prefeito Souza Junior e a “dura” que ele está dando na CASAN por causa dos lançamentos de dejetos e excrementos nos nossos cursos d’água.
   Olha a EMBRATUR aplaudindo a obra emergencial, de um dia, que tapou com um caminhão de areia da praia a boca do Rio do Brás, em Canasvieiras.
Vai me dizer que tu não acreditas neles?
O Colombo, inclusive, já foi presidente da CASAN quando tu estavas do lado de lá, na política. Quando o Jaison Barreto te ajudava em Balneário Camboriú.
   Rapaz, o Brasil não aceita mais muita lambança... A coisa tá mudando... Devagar, mas está mudando. E nós temos o dever moral de ajudar. Mesmo na dificuldade pessoal, temos que ajudar.
   Dado, por último, um pedido: Renuncia.
Não constrange, mais ainda, o pessoal da Casa das Contas.
   Como é que tu podes julgar sub judice, rapaz?
   Tu és um bom dentista, volta para a profissão, como fez o Eduardo Pinho Moreira quando ficou sem mandato político.
   Te mira nos exemplos, nos exemplos das mulheres de Atenas...
   Mulheres de fibra e talento.
   Abs, Marcos Bayer
(em 24/01/2016).

2 comentários:

Anônimo disse...

Pinho Moreira?
aquele que teve os bens bloqueados pelo sumiço de milhões na celesc?
que o filho tem um cargo sem vínculo no detran?

Anônimo disse...

Bom o "cardápio" da Corte de Contas: Cesar filomeno fontes, julio garcia, dado cherem, herbst, wandall, salomão... todos recebendo 40 mil mês entre outros benefícios, cargo vitalício, 60 dias de férias...