terça-feira, 5 de julho de 2016

Um corrupto ponta rfirme


   A delação do ex-deputado do PP, Pedro correia, no processo de delação premiada da Lava Jato, foi uma das mais demoradas.
   Pedro Correia falava, falava, contava, contava...mas não contava tudo!
   Em determinado momento, os procuradores federais encarregados de interroga-lo, se irritaram com seus segredinhos e deram um ultimato ao ex-deputado, um dos criadores do Mensalão.
   Por uma questão de "ética" de amizade, Pedro Correia se negava a entregar outros dois comparsas na roubalheira do Petrolão: o catarinense João Pizzollati (PP), e o deputado alagoano, Arthur de Lyra (PP).

   Esta e outras histórias curiosas estão no livro do jornalista Vladimir Netto, "Lava Jato - O juiz Sergio Moro e os bastidores da operação que abalou o Brasil"
   No livro, Vladimir, que é filho da jornalista Mírian Leitão, conta os bastidores da maior e mais famosa operação policial contra a corrupção que já aconteceu no Brasil.


Nenhum comentário: