terça-feira, 30 de agosto de 2016

"Apoiamento" de Chico é discutido em Boston


   Um grupo de estadunidenses vestidos de rubro-petismo reunido no Yard House nas imediações do Fenway Park, casa dos Red Sox, em Boston, discutia calorosamente na tarde de hoje, 30 de agosto, a repercussão avassaladora da presença de Chico Buarque "em apoiamento" a Dilma no Congresso. 
   A conversa dos yankees escarlates girava do empoderamento das minorias defendido com unhas vermelhas e dentes de beterraba por Dilma Vana e, os flagrantes da vigorosa aparição do candidato do PT para o pleito de 2018, Luis Ignaro Lulla da Selva, visivelmente disposto e saudável no camarote que Renan e Lewandowisky lhe reservaram na Câmara Alta tupiniquim. 
   Ouvido um entusiasta da causa e fã de Edward Snowden, disse agitado: "Lidenbergh represents me". E, emocionado emendou em tradução livre: "o desafio à misoginia impregnativa do discurso" que teria, segundo o partidário, contaminado a denúncia de Anastasia, ao "racismo facista da direita golpista, são pautas que transcendem ao nosso movimento sindical por uma CUT Internacional".  
   Desconexo finalizou: "Gleisi represents me, Jandjira represents me, Van-eissa represents me"
   
*Direto de Van Ness St, Fenway Park, Boston, James Elroy Longwood, estagiário da redação avançada do Cangablog no perímetro avançado do Capitalismo Selvagem de Empreiteiros e Banqueiros Associados ao Lullopetismo.

Nenhum comentário: