quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Operação Omertá: Casan e Porto de Laguna no inquérito da PF


Codinomes  Alemão, Figueirense, Lagoa, Operador Local e Operador, são alguns dos catarinenses investigados pela Polícia Federal que abriu inquérito para apurar pagamento de propina da Odebrecht. Na lista de investigados, mais uma vez a CASAN e o Porto de Laguna, em Santa Catarina. Tem gente com as barbas de molho, por aqui!
   Mais uma vez o nome da Companhia Catarinense de Saneamento (CASAN) está em "bocas de Matildes".  
   Hoje, a nossa companhia de saneamento, CASAN, aparece em oitavo lugar na na planilha secreta da empreiteira apreendida pela PF na Operação Omertá.
   Desta lista estão sendo investigados 38 "negócios" do "departamento de propina" da Odebrecht, que envolvem crimes de corrupção ativa, passiva, lavagem de dinheiro, formação de quadrilha e fraudes de licitações.
O cangablog já havia levantado essa lebre em 2011: Odebrecht: NÓS SABEMOS QUE NÃO EXISTE ALMOÇO GRÁTIS!
    Conhecido por seu poder de corromper governos, políticos e empresários, o Grupo Odebrech, através da sua empresa Foz do Brasil, publica nota na imprensa posicionando-se sobre denúncias do deputado federal Pedro Uczai, do PT, sobre suposto acordo entre a empresa e o candidato Raimundo Colombo de apoio financeiro à campanha e 2010 de 2 milhões de reais, com compromisso de compra das ações da Casan. leia mais...

E aqui também
Lava Jato: PF pega assessor do governador Colombo

   Não foi só o ex-presidente Lula que se apavorou com a deflagração da Operação Xepa - a 26º da Lava Jato -  desencadeada hoje cedo pela Polícia Federal.
   Em Santa Catarina o susto também foi grande. Mais precisamente no Centro Administrativo, no gabinete do governador Raimundo Colombo.
  Lula, casualmente, estava hospedado no hotel invadido pela PF, em Brasília, mas não era o foco da operação policial. Dizem que "saiu com o rabo que era um pincel".

Sobre o porto de Laguna clique aqui:
 (n) Pagamentos de vantagem indevida aos codinomes Alemão, Figueirense, Lagoa, Operador Local e Operador, vinculados aos recebimentos pela Odebrecht em virtude de obras do Porto de Laguna,

Um comentário:

Anônimo disse...

Alemão Pode ser o Romulado França

Operador Mauro Mariani

Operador Local Valdir Chobaltini