segunda-feira, 3 de outubro de 2016

Da Série "NOTÍCIAS QUE VÃO MUDAR A SUA VIDA"

MC Serginho, músico
Com 1.366 votos, o funkeiro parceiro de Lacraia e autor de músicas como 'Eguinha Pocotó', 'Morto Muito Louco' e 'Vai Serginho' não se elegeu vereador do Rio de Janeiro pelo PRP.

MC Vesga, funkeira 
Com o slogan de campanha "Um olho nos problemas e outro nas soluções", Adriana Biacchi, a MC Vesga, teve apenas 118 e não elegeu para vereadora em Porto Alegre. A autora do hit "Ping Pong" foi candidata pelo Partido Verde (PV). 
 
Mulher Pera, dançarina
Candidata pelo PT do B a vereadora em São Paulo, Suélem Aline Mendes Nami Cury, a Mulher Pera (ou apenas Pera, como usou no nome eleitoral), teve apenas 294 votos e não se elegeu. Em 2012 e em 2014 ela já havia tentado, sem sucesso, se tornar vereadora.

O fracasso das sub-celebridades nas eleições municipais 
Apenas Verônica Costa (PMDB-RJ), a Mãe Loira do Funk, foi reeleita no Rio de Janeiro com 19.946 votos
Os (quase) famosos que disputaram as eleições municipais deste domingo podem ter garantido boas risadas ao longo da campanha – mas isso não se reverteu em votos. Entre as sub-celebridades, apenas a Mãe Loira do Funk, Verônica Costa (PMDB-RJ), saiu vencedora. Verônica foi reeleita com 19.946 votos, 0,68% do total de votos válidos no Rio de Janeiro.
   Leia matéria completa. Beba na fonte.

Nenhum comentário: