terça-feira, 8 de novembro de 2016

O Gato e o Jerry. Os fãs são eternos!!!


   Ser fã é uma coisa engraçada. Na juventude é comum sermos fã de artistas e cantores. Ser fã é admirar, amar alguém incondicionalmente.
   Com o tempo, aquela dedicação de expressar, expressivamente, a admiração por uma pessoa se transfere para um cantinho agradável da lembrança e, acredito, com mais tempo, fica somente uma vaga lembrança. 

   Será?

   Pois semana passada o meu amigo estava a caminho de Teresina, onde daria uma palestra em uma universidade privada. De repente recebi um aviso de whats no telefone. 

   Era ele.

- Adivinha quem eu encontrei, agora mesmo, no aeroporto do Rio, e que embarcava no mesmo vôo para Teresina?

- Quem? perguntei intrigado.

- O Jerry Adriani!!!! Apertei a mão dele e disse que sou fã, e sou mesmo...das antigas! Ele é simpaticão!

   Percebi que amigo estava emocionado. Era fã!
Logo emendou...
-"Procure olvidar...tudo que lhe fiz..."
- Lembra dessa? 

   Parei o carro no acostamento e ri muito! Contive a emoção...e continuei o "diálogo".

- Ele me disse para procurá-lo no Facebook, não como Jerry...como Jair Souza...com z...confirmou...virou amigo da antiga...kkkkkkk

   Estava sendo demais para mim. Comecei a entrar na situação e imaginar o "momento" que o amigo estava vivendo. Daí perguntei:
- Tá, mas onde exatamente foi o encontro?

   A resposta foi fantástica!
- Foi na fila Preferencial...para idosos...kkkkkkkk

Os fãs são eternos! 


Nenhum comentário: