segunda-feira, 24 de julho de 2017

Morador denuncia descaso com o Morro do Lampião no Campeche



Alencar Deck Vigano, morador do Campeche, incansável batalhador pela preservação do meio ambiente, mais uma vez denuncia a degradação e crimes ambientais cometidos no lendário Morro do Lampião.

Lampião, referencia visual para as aterrissagens de Antoine de Saint-Exupéry
"Dia 22 deste mês, já se vão 08 meses que um crime ambiental, aqui no Morro do Lampião, no Campeche, destruiu uma trilha histórica que vinha sendo utilizada há mais de 40 anos. 
   Esse evento, na verdade, serviu para nos abrir os olhos às diversas infrações que ocorrem diariamente nas encostas do Morro, sem nenhum tipo de ação concreta de fiscalização ou punição dos responsáveis. Uma destas infrações ocorre regularmente e com o aval - ou desconhecimento total - dos órgãos ambientais. 
   No Morro do Lampião existe uma antena repetidora de TV [RBS] desde os anos 80. O problema não é a antena [é também], mas a "estrada" que foi aberta e continua sendo mantida transitável [parece que uma patrola faz o serviço quando a "estrada" fica muito ruim] e a poda criminosa que uma equipe contratada pela empresa RBS faz regularmente na vegetação em algumas partes da encosta. Algumas destas árvores ainda em estágio médio de crescimento. Pessoas que moram no pé do Morro, relatam que não são carros da Floram que chegam para fazer as podas. 

   Já relatamos este problema à Floram, mas não recebemos nenhum retorno sobre o que foi feito. Não sabemos nem se essa antena ainda tem algum tipo de autorização para estar lá. Enquanto isso, "moradores" do Morro do Lampião vão justificando os seus pequenos delitos, já que "a RBS faz e ninguém faz nada". A Floram justifica que não tem equipe para uma fiscalização eficaz e pede ajuda dos moradores. Os moradores denunciam e fazem a parte que lhes cabe. Mas os resultados são sempre os mesmos".

Nenhum comentário: