quinta-feira, 3 de agosto de 2017

Único jornal argentino que denunciou crimes da ditadura no país fecha após 140 anos

   BUENOS AIRES – O jornal escrito em inglês Buenos Aires Herald, com 140 anos de circulação, chegou ao fim nesta semana. Ele foi o único a publicar notícias sobre a repressão na Argentina em plena ditadura (1976-1983).
“Os funcionários do Herald foram informados de que o jornal acabou”, dizia o último comunicado da publicação em sua conta no Twitter. No dia 15 de setembro de 2016, ele completou 140 anos de existência.
  Matéria completa no Estadão. Beba na fonte.

Nenhum comentário: