terça-feira, 12 de setembro de 2017

Vice presidente do Uruguai renuncia após escândalo com cartões corporativos

 Título acadêmico falso de Genética Humana, que teria cursado em Cuba e gastos milionários com cartões corporativos derruba o vice-presidente do Uruguai Raul Sendic. O lider do Frente Amplio, Sendic é filho de um dos fundadores do Movimento de Libertação Nacional - Tupamaros. O escândalo dos cartões aconteceu quando Sendic era presidente da petroleira estatal Ancap, indicado pelo ex-presidente José Mujica.


   O escândalo do uso de cartões corporativos data da época em que Sendic era diretor da petroleira estatal Ancap, entre 2010 e 2013. A nomeação foi feita pelo ex-presidente José "Pepe" Mujica (2010-2015).
    A informação, que se tornou pública a partir de um recurso de acesso a dados da empresa iniciado por jornalistas, mostrou gastos de Sendic em lojas de material esportivo, produtos eletrônicos e joalherias no Uruguai e em outros países.
    O vice-presidente do Uruguai, Raúl Sendic, apresentou sua renúncia "indeclinável" ao cargo neste sábado (9), depois de se ver envolvido em um escândalo pelo uso de cartões corporativos oficiais e um título acadêmico que não tinha.
"Apresentei ao plenário da Frente Ampla (partido do governo) minha renúncia indeclinável à vice-presidência. Comuniquei também ao presidente Tabaré Vázquez", anunciou Sendic no Twitter, depois de uma reunião com o partido.
 Matéria completa na Folha. Beba na fonte.

Nenhum comentário: