segunda-feira, 30 de maio de 2016

OPERAÇÃO AVE DE RAPINA

CÂMARA VOTA HOJE PROCESSO DE CASSAÇÃO DOS VEREADORES CESAR FARIA E BADEKO

  
Badeko e Faria
   Nesta segunda-feira, 30/05, durante a sessão da Câmara de Vereadores, que inicia às 16 horas, estarão em pauta a apreciação e votação dos Relatórios Finais das Comissões Processantes dos vereadores Cesar Faria e Marcos Aurélio Espíndola (Badeko), relativos às denúncias inclusas no processo da chamada Operação Ave de Rapina. 

    A Operação Ave de Rapina desencadeada em 12 de novembro de 2014, cumpriu 38 mandados de busca, apreensão e prisão de envolvidos em um grande esquema de corrupção  em Florianópolis, Joaçaba e também em em Porto alegre e outras 3 cidades do interior do Rio Grande do Sul.

   Em Florianópolis, a quadrilha agia na Câmara de Vereadores, Instituto de Planejamento Urbana de Florianópolis (Ipuf) e Fundação Cultural Franklin Cascaes. A operação da PF tem o objetivo de desarticular uma organização criminosa que rouba dinheiro público através de licitações fraudulentas.
Os pareceres serão colocados em votação pela cassação ou não destes parlamentares.


    O Relatório Final da Comissão Processante do vereador Marcos Aurélio Espíndola (Badeko) foi pela cassação, pois a conclusão foi a de que houve quebra de Decoro Parlamentar por parte do parlamentar. O Relatório Final da Comissão Processante, da qual o vereador Lino Peres é relator, está em: http://www.cmf.sc.gov.br/sites/default/files/relatorio_final_comissao_processante_badeko.pdf

    Já o Relatório Final da Comissão Processante do vereador Cesar Faria, cujo relator foi o vereador Bispo Jerônimo Alves, foi pela absolvição daquele parlamentar e, portanto, pelo arquivamento do processo.

Veja em: http://www.cmf.sc.gov.br/sites/default/files/relatorio_final_comissao_processante_cesar_faria.pdf Como relator da Comissão Processante do vereador Marcos Aurélio Espíndola (Badeko), o vereador Lino Peres pesquisou a documentação disponível e seguiu todo o rito necessário para garantir a lisura das análises e conclusões, baseadas nos autos do processo e nos depoimentos tomados pela Comissão Processante na Câmara de Vereadores. Todo este trabalho pautou-se por um dos eixos do mandato, a busca da transparência, tanto no Legislativo quanto no acompanhamento das ações do Executivo junto à população e aos movimentos sociais. Por isso é importante que a população esteja presente na sessão para acompanhar as votações desta segunda-feira.

Nenhum comentário: