quarta-feira, 19 de setembro de 2012

Tio Bruda se arrenega com Casildo Maldaner

 - Alô, tio Canga? Alô?

- Oi, tio Bruda, como é que anda o homem?

- Peleandito nomás, tio Canga. Aqui, às volta com a política!

- Mas e qual é a novidade por aí, tio Bruda?

- A novidade aqui é esse senador sem voto, o Casildo Maldaner, que veio a Lages falar mal do nosso prefeito!

- Ah! O Casildo! Mas esse não é pra levar a sério, tio Bruda! O homem é famoso pelas bobagens que diz. Tem até um livro com as bobajadas dele!

- Eu conheço o livro, tio Canga! Foi escrito pelo filho do tio Dorva, ali do Carú! Irmão do Juarez Furtado. Eu conheço ele, até fui na formatura dele. Mas só podia sê o Dorvalino mesmo. Pra entender o Casildo, só médico veterinário.

- Ah ah ah ah!  Essa é boa, tio Bruda! O senhor é muito espirituoso!

- É, tio Canga, mas eu não tô muito alegre não! Como é que esse abobado vem aqui, na nossa cidade, dizer que o Renatinho só é prefeito porque o Raimundo renunciou. O macaco não olha pro rabo que tem! Ele só foi governador porque o coronel Pedro Ivo morreu. Hoje é senador por que o Raimundo saiu do senado pra sê governador. O prefeito Renatinho ainda correu uma eleição e ganhô, e o Casildo? Faz um eito de tempo que não mostra os votos. É senador sem voto, tio Canga!

- É, tio Bruda, mas político é assim mesmo, dizem qualquer coisa. O que eles dizem não se escreve!

- Mas óia, tio Canga, esses político do MDB tem vindo aqui só prá agredir o povo lageano. E ainda querem ganhá eleição assim!

- Mas não vale se incomodar com essa gente, tio Bruda! Outro dia eu...tú...tú...tú

- Ih! Caiu a ligação, o véio tá furioso...

Um comentário:

Anônimo disse...

dizem que o Casildo depois da meia-noite vira outra personagem...