quinta-feira, 28 de abril de 2016

Justiça "bate nas panelas" do vice-governador Pinho Moreira

   O colunista Rafael Martini (DC) noticiou esta semana que um oficial de Justiça "visitou" o apartamento do vice-governador Eduardo Pinho Moreira, na Avenida Beira-Mar Norte, área nobre de Florianópolis.
   O objetivo da visita foi penhorar os bens, móveis e utensílios domésticos, de Pinho Moreira, em função de Ação Civil Pública por improbidade administrativa, proposta pelo Ministério Público do Estado, no famoso escândalo Monreal, quando Pinho presidiu a Celesc.

O Cangablog publicou matéria sobre o escândalo Celesc/Monreal em setembro de 2011. Leia:

O GOLPE MILIONÁRIO DA CELESC
R$ 373.285.198.55


    Queridos leitores,
   esse numero acima é o valor que deveria ter entrado no caixa da Celesc para justificar o pagamento de R$ 51,7 milhões à empresa de cobrança Monreal, com quem a nossa maior empresa pública mantém um contrato pra lá de suspeito.

Leio no blog do Moa, ainda agora, que o vice-governador e ex-presidente da Celesc, Eduardo Pinho Moreira, chegou há pouco de umas férias pelas paradisíacas terras italianas.
    Chegou cheio de gás - também pudera, férias assim turbina qualquer um - dizendo que já falou com o presidente da estatal, Antônio Gavazzoni e com ex-diretores da empresa.
Que estaria se inteirando do resultado da polêmica auditoria que resultou na constatação da não comprovação de R$ 51,7 milhões pagos à Monreal, empresa contratada para cobrar faturas atrasadas da Celesc.

    Já o jornalista Paulo Alceu, no jornal da Ric Record agora à noite, disse que falou com Pinho Moreira por telefone e que ele disse que "DEUS É O SENHOR DA RAZÃO", e que está absolutamente tranquilo quanto às denúncias.

    Bem, eu nunca fui presidente de uma estatal, mas na minha parca experiência como jornalista aconselharia o vice-governador a não ficar, assim...digamos, muito tranquilo!!!!!

    Vem trolha grossa por aí!!!

    Tudo aponta para uma grande roubalheira de milhões de dinheirama pública que, se ele não colocar na cola de algum subalterno, vai ter que assumir que é ladrãozão mesmo!!!!!

    Vocês devem estar encucados com aquele numerão lá em cima, né? Bobagem, aquilo é café pequeno. Tem muito mais!!!


    Hoje vai apenas uma pequena parte do grande golpe armado para "sumir" com dinheiro público que esta quadrilha do PMDB montou em 8 anos de governo de Luiz Henrique da Silveira. Vocês estão lembrados da denúncia feita há dias pelo Diario Catarinense?

    Dizia lá no DC, que "Consultoria externa aponta que não há registro na estatal comprovando a prestação de serviços. O que ameaça o futuro da Celesc é o seu passado. Documento de 28 de abril de 2011, assinado pelo Conselho Fiscal, aponta o sumiço de R$ 51,7 milhões do caixa da estatal".

    Pois bem, esse "dinheirinho" que a Celesc, sob a presidência de Eduardo Pinho Moreira, pagou para a empresa Monreal é apenas a ponta do iceberg de uma roubalheira que não tem tamanho.
    Pinho Moreira, que chegou de férias da Europa cantando de galo, dizendo que tudo isso é armação, que "bala de borracha doi mas não fere", e outras babaquices mais, não tem como comprovar que os R$ 51,7 milhões pagos foram por serviços prestados e comprovados pela Monreal.

    Queridos leitores e eleitores,
se realmente a empresa Monreal tivesse arrecacado tudo que disse que arrecadou para merecer os 13, 85 % do contrato assinado com a Celesc, a maior empresa dos catarinenses estaria hoje super aviária.

    Para receber R$ 51,7 milhões da Celesc, a Monreal teria que ter cobrado, em dívidas atrasadas o valor de :

R$ 373.285.198.55

    Este dinheiro teria que ter entrado no caixa da Celesc. Onde está este dinheiro queridos leitores e eleitores?????

O GATO COMEU !

    É só dar uma olhadinha no contrato entre a Celesc e a Monreal, para saber que para pagar tinha que ter cobrança comprovada. Não existe comprovação de nada!
Até quando?????

Clique na imagem que aumenta

Outras matéria publicadas pelo Cangablog sobre o assunto:

2 comentários:

Anônimo disse...

Ninguém pega esse cara meu Deus!!!

Anônimo disse...

TEM UMA CLINICA EM BIGUAÇU
LA DEVE TER ALGUMA COISA