quinta-feira, 9 de junho de 2016

O Golpe Jabuticaba!

   Este país realmente não é sério. Aqui tudo é levado na flauta e desmoralizado. O exemplo mais recente desta depreciação das "intituições" é a denúncia de "golpe" sobre o governo petista de Dilma Rousseff. A pseudo esquerda conseguiu desmoralizar a instituição do "golpe de estado".
   Se não vejamos: 
   1 - Dias antes de ser afastada pelo senado, Dilma viajou aos EUA, para denunciar, na Assembléia Geral da ONU, o "golpe" em gestação no Brasil. Foi com avião da FAB e e uma estrutura milionária paga pelo contribuinte brasileiro. 
Se realmente fosse golpe, Dilma ficaria nos EUA, pediria asilo político e não voltaria ao Brasil. Pelo raciocínio dos petistas, se Dilma voltasse ao Brasil, seria presa assim que adentrasse o território nacional...Virou piada!
   2 - Depois de afastada constitucionalmente, a presidenta se instala no Palácio da Alvorada, com dezenas de assessores, seguranças e uma frota de carros oficiais com motoristas. Dilma transformou o Palácio da Alvorada em comitê político com farta "copa livre", conforme notas fiscais de compras para rechear a sua cozimha.
   3 - O que ficou difícil de entender para a imprensa estrangeira, foi a intensa atividade política desenvolvida pela vítima do "golpe", que percorreu o país em jatinhos da FAB, denunciando o tal "golpe de estado". 

   4 - O "golpe jabuticaba" só existe no Brasil.  Permite que a presidente afastada mantenha todos os seus privilégios, liberdade de expressão, para mentir inclusive, e advogado de defesa pago pelo povo que ela levou de volta à miséria.
Razão tinha o filósofo Tim Maia:
"Este país não pode dar certo. Aqui prostituta se apaixona, cafetão tem ciúme, traficante se vicia e pobre é de direita". Tim Maia 

 Fonseca deixou um novo comentário sobre a sua postagem "O Golpe Jabuticaba!":
O tal "golpe" - como diziam os petistas - não era obra do Cunha? Ou como ainda mentiam os petistas - não era pra "salvar" o Cunha? Qual será a próxima obra do cinismo crônico que assola a seita depois da aprovação da guilhotina para o mandato de Cunha? 

2 comentários:

Anônimo disse...

nehum comentario!!!!

Publica!!!

Anônimo disse...

O tal "golpe" - como diziam os petistas - não era obra do Cunha? Ou como ainda mentiam os petistas - não era pra "salvar" o Cunha? Qual será a próxima obra do cinismo crônico que assola a seita depois da aprovação da guilhotina para o mandato de Cunha?