terça-feira, 5 de janeiro de 2010

Acertando o baralho

Assaz intrigante a última missão confiada ao ex-secretário Mário Cowallazzi pelo seu chefe prefeito Dário Berger. Dário antes de demitir Cowallazzi mandou que fosse procurar o governador Luiz Henrique da Silveira, ordenador do pagamento do frustrado show de Andrea Bocelli.
Procurar o governador porque? Para que?
Em entrevista hoje de manhã na rádio CBN Cowallazzi foi perguntado por Mario Mota qual seria o assunto com o governador e não conseguiu explicar.
O que corre à boca pequena na cidade é que antes de sair tem que fazer o acerto final. Afinal, estavam todos na mesma parada do Bocelli. Onde estão os R$ 2,5 milhões já pagos pelo governador Luiz Henique à empresa Beyondcomm do Rio de Janeiro?
Não seria o momento da Beyondcomm se manifestar com transparência e mostrar seus extratos bancários provando que recebeu o dinheiro, que está na sua conta e que uma parte já foi paga para Andrea Bocelli como afirma Cowallazzi?
Ou o dinheiro já voou para bem longe concretizando uma operação super manjada conhecida nos meios financeiros internacionais como triangulação. Paga, vai e depois volta para bancar alguma campanha eleitoral.

ONDE ESTÃO R$ 2,5 MILHÕES CACAIADA ?????!!!!!!!!

Anônimo deixou um novo comentário sobre a sua postagem "Acertando o baralho": Canga, lembras de um leitor que deixou um comentário afirmando que, por volta de meados de janeiro, um outro escândalo ia estourar, e que teve Promotores que por conta disso, trabalharam durante todo o recesso? Vai ver tem "côsa" por aí...

Cangablog: Lembro sim, leitor anônimo! Quando decidiram cancelar o show do Bocelli sem nenhuma razão, pois nada tinha a ver com a árvore, acendeu a luz vermelha. Tinha gato na tuba !
Esses R$ 2,5 milhões que o governador Luiz Henrique da Silveira já pagou para a empresa carioca estão em lugar incerto e não sabido ! Quando os blogs levantaram essa lebre e o vereador João Amin foi mais fundo na história bateu o pânico na "tiurma" só que já era tarde, já tinha promotor investigando tudo.
Vai ver essa grana nem no brasil está mais!

Um comentário:

Anônimo disse...

Canga, lembras de um leitor que deixou um comentário afirmando que, por volta de meados de janeiro, um outro escândalo ia estourar, e que teve Promotores que por conta disso, trabalharam durante todo o recesso? Vai ver tem "côsa" por aí...