domingo, 10 de janeiro de 2010

Revista Isto É detona Leonel Pavan

Pavan entre o traficante de drogas Rueda-Busto e o sócio dele, Castagnaro

O vice-governador de Santa Catarina é citado em três operações da Polícia Federal sobre lavagem de dinheiro do narcotráfico, corrupção e fraudes em licitações milionárias.

Um Vice Enrolado Demais

Está difícil para o tucano Leonel Pavan assumir o governo de Santa Catarina. O motivo? Problemas com a Polícia Federal

Hugo Marques

chamada.jpg

O governador de Santa Catarina, Luiz Henrique da Silveira (PMDB), interessado em antecipar sua campanha ao Senado, havia marcado solenidade na terça-feira 5 para transferir o comando do Estado para o vice-governador, Leonel Pavan (PSDB). A cerimônia teve que ser adiada. Antes mesmo da posse, as acusações contra o vice motivaram o PSOL a entrar com um pedido de impeachment na Assembleia Legislativa. Pavan foi obrigado a recuar porque não se sentiu em condições de assumir o cargo. Em conversa com o governador, Pavan admitiu : “Não dá mesmo. Estou me sentindo no fio da navalha.” E ouviu do interlocutor: “Você é quem deve medir as consequências.” O temor não é gratuito. O vice-governador de Santa Catarina é citado em três operações da Polícia Federal sobre lavagem de dinheiro do narcotráfico, corrupção e fraudes em licitações milionárias. A situação preocupa o PSDB. O projeto para este ano era Pavan assumir o governo e ser candidato a mais um mandato. No entanto, o vice amarga clara desvantagem nas pesquisas – caiu de 17% para 9%. O risco para os tucanos é o possível candidato a presidente, José Serra, ficar com um palanque fraco no Estado. Ou até mesmo sem um palanque. A queda de Pavan na preferência do eleitor ganhou força em dezembro, quando foi indiciado pela Polícia Federal depois de aparecer em escutas telefônicas e vídeos gravados na Operação Transparência, que investigou um esquema para beneficiar a Arrows Petróleo, empresa petrolífica carioca, em licitações. Leia tudo. Beba na fonte.

Cangablog: Felei ainda há pouco com o meu amigo jornalista Hugo Marques e cumprimentei-o pela excelente reportagem sobre a vida bandida do vice governador Leonel Pavan publicada na revista Isto É.

O jornalista Hugo Marques vem trabalhando em cima desta matéria há alguns anos. As vezes que nos encontrávamos pessoalmente ou por telefone e trocávamos informações a respeito do personagem, ele sempre se mostrava surpreso com a complacência da justiça, da polícia e dos políticos catarinenses com as histórias de Leonel Pavan que eram notórias e conhecidas de todo o mundo. Foi assim na última eleição quando consegui publicar na Gazeta de Joinville e no Cangablog a foto de Pavan abraçado com o mega traficante Rueda-Bustos e seu sócio Castanharo. Nada aconteceu aqui no estado. Agora, depois de mais de 4 anos de trabalho, Hugo Marques consegue emplacar sua matéria. Jornalista experiente, investigativo, relata fatos baseados em documentos de investigações legais desenvolvidas pela PF, Ministério Público e pelo seu faro de verdadeiro jornalista.

Me disse ainda esta noite: - O brasil tinha que conhecer este personagem. Santa Catarina não merece isso.

Parabéns Hugo Marques. Com este material resgatas um pouco do verdadeiro jornalismo que há muito desapareceu das redações neste pais.


2 comentários:

Bete Vieira disse...

Conseguiu se até primeira página do DC...
É o inferno astral do Pavão adhausuahuss

Gente! este Pegoraro é daqui de Joaçaba? Da disitribuidora de alimentos?

Anônimo disse...

Quem poderá deter estes gafanhotos politicos que acabam com as nossas esperanças de um Brasil melhor?