quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Uma vergonha



Leio no blog do Moa que o advogado da empresa Beyondpar (aquela empresa carioca que no endereço da nota fiscal existe uma clínica de estética) que está dando explicações sobre o cancelamento do show do Bocceli para o Ministério Público.
Para começar Luiz Henrique Boceli da Silveira adiantou ilegalmente R$ 2,5 milhões para a empresa pelo show que não aconteceu. Empresa pública não pode, por lei, adiantar pagamento. Foi tudo falcatrua de fim de ano entre essa tal de Beyondpar, Dário & Mário e Luiz Henrique. Safadeza com o nosso dinheiro. Com dinheiro público.
Explicar tem que explicar mas o mais importante é devolver a grana.

Onde está o nosso dinheiro governador?????

Bem, li também que o Tribunal de Justiça encaminhou ofício à Alesc solicitando autorização para dar continuidade aos trâmites processuais blá blá blá ... sobre as vigarices do vice governador Leonel Pavan.

Pôrra! Ninguém vai em cana, ninguém é processado, sempre existem recursos...enfim, não acontece nada e esses caras continuam nos roubando.
Andei dando uma fuçada aqui pela França sobre corrupção no governo. Existe como existe em qualquer lugar do mundo. Mas aqui tem um diferença: a qualquer movimento suspeito de um integrante do governo o "elemento" é afastado rapidamente para não contaminar as outras frutas do balaio político.
Aí no Brasil a cara-de-pau e as excrecências jurídicas como foros privelegiados e outras malandragens mais, mantém os bandidos no poder até serem...absolvidos e esquecidos. Normalmente apostam na pouca memória da população e no próximo escândalo que acaba ocupando o seu lugar na mídia. Um barbaridade. Até quando?

O Olympique de Marseille acabou de tomar um gol do Lille pela Coupe de la Ligue e vou dar um força para o meu genro que não está muito contente.
Au revoir

Um comentário:

Anônimo disse...

Tudo isso e ainda tiraram o site do Tijoladas do ar......sabia...??...!!! que barbaridade...que ditadura.