sábado, 16 de janeiro de 2010

Ascensorista de pai-de-santo


Estava lendo o Outubro do meu amigo Nei Duclós no post Coisas que eu não sei do que se trata onde ele relaciona várias coisas que aparecem na tela do computador que ele se pergunta para que servem como:

BAIXAR TOQUES DO CELULAR - "Deve ser assim: você pega um toque, seja isso o que for, do celular, e faz um zifio para ele baixar. Quando ele baixa, você parte para outro toque, e assim sucessivamente".

Daí que quando ele invoca o zifio, me lembrei que esta semana encontrei com um amigo, o Chico, que mora em Macapá. Contando a sua vida por lá fez o seguinte relato.
"Cheguei lá nem sei porque. Só sei que cheguei. Passei um período da minha vida muito duro. Estava na pior. Aí conheci um pai-de-santo que me deu abrigo e fiquei morando num terreiro de umbanda. O meu trabalho era de ascensorista de pai-de-santo! Eu controlava a descida e subida dos santos. Era um tal de cantar para subir danado!"

Esta profissão não conhecia. Ascensorista de pai-de-santo !
Vejo tudo e não morro !

Bete Vieira deixou um novo comentário sobre a sua postagem "Ascensorista de pai-de-santo":
Chorei de tanto rir!!!
Sempre pensei em me tornar hippie se nada der certo, mas aogra vejo outra possibilidade KKKK

Um comentário:

Bete Vieira disse...

Chorei de tanto rir!!!
Sempre pensei em me tornar hippie se nada der certo, mas aogra vejo outra possibilidade KKKK