terça-feira, 12 de janeiro de 2010

Segunda-feira é para profissionais


Adoro noite e música boa! Sempre gostei! Desde guri!
Agora devido ao "tempo" as minha fugas para a Lagoa estão rareando. Tenho uma coisa que acho que é virtude e minha companheira acha que é defeito. Não tenho ressaca! O que me torna um boêmio incorrigível.
Porém aos 56 anos as coisas já não são iguais como quando tinha 54. Nesta segunda-feira saí de casa, no horário da novela, por 10 minutos. Segunda-feira aqui no Campeche não existe muita alternativa de bar mas sempre acabo encontrando um bom papo. Acoisa foi andando, andando e fui até o Bar Sufoco's na frente da Lagoinha Pequena. Deu meia hora de jogo e fechou. Aquele decke de frente para a Lagoinha do Campeche é muuiiiito! Foi bom enqunto durou.
Estava com o Edu, amigo paulista ligado à área depublicidade e profundo conhecedor de música. Fechado o Sufoco's...todos os (des) caminhos levavam à Lagoa.
Não deu outra, chegamos direto ao Drakar e assistimos um show maravilhoso de rock. Uma banda, duas guitarras, baixo e batera, quebrando tudo. Gurizada nova fazendo música da melhor qualidade. Quando a música é boa não sente o tempo passar. Quando dei por mim ontem já era hoje. A banda liderada pelo excelente Luciano Bilu toca toda a segunda-feira por lá. Imperdível.

Luiz C. Schneider deixou um novo comentário sobre a sua postagem "Segunda-feira é para profissionais": Não tem ressaca? Cara, isso é invejável. As minhas resscas não são das piores, mas a cada ano ficam mais pesadas. Houve tempos em que até convivíamos fraternalmente. Porém, de uns tempos prá cá, ficaram pesadas e desagradáveis. Ironia da vida, pois quando temos experiência e invejável habilidade no manuseio dos copos o corpo dá sintomas de que não é mais aquele velho parceiro de inolvidáveis boemias. Mas se a música for envolvente, a parceria agradável e a cerveja gelada vamos em frente. Mas essa sua genética sem ressaca é um privilégio... invejável!

vanio deixou um novo comentário sobre a sua postagem "Segunda-feira é para profissionais":
"Segunda-feira aqui no Campeche não existe muita alternativa de bar..."
Eu acrescento: terça, quarta, quinta, sexta-feira, sábado e domingo.
Ficaria muito feliz se o jornalista me desmentisse indicando alguma opção.

3 comentários:

vanio disse...

"Segunda-feira aqui no Campeche não existe muita alternativa de bar..."
Eu acrescento: terça, quarta, quinta, sexta-feira, sábado e domingo.
Ficaria muito feliz se o jornalista me desmentisse indicando alguma opção.

Luiz C. Schneider disse...

Não tem ressaca? Cara, isso é invejável. As minhas resscas não são das piores, mas a cada ano ficam mais pesadas. Houve tempos em que até convivíamos fraternalmente. Porém, de uns tempos prá cá, ficaram pesadas e desagradáveis. Ironia da vida, pois quando temos experiência e invejável habilidade no manuseio dos copos o corpo dá sintomas de que não é mais aquele velho parceiro de inolvidáveis boemias. Mas se a música for envolvente, a parceria agradável e a cerveja gelada vamos em frente. Mas essa sua genética sem ressaca é um privilégio... invejável!

Anônimo disse...

Porra, Canga: vasculhando sua vida no google deparei com a matéria que vc publicou no seu blog respeito do Luciano Bilu, pois o conheci naquela noite em que vc me levou ao Drakar (altas noite)
O que não esperava era que a metéria fosse exatamente sobre esse dia, ou será noite?, sei lá, não me lembro direito.
Obrigado pelo amigo e pelo profundo conhecedor de música (menos né canga)
Um abraço, saudades do amigo
Edu, seu vizinho mais próximo