quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

Assalto aos cofres públicos

Denúncia exclusiva do Cangablog sobre cobrança de mais de R$8 milhões de procuradores do MP junto ao TCE repercute na Alesc
     Durante seu pronunciamento na tribuna do Palácio Barriga Verde nesta quarta-feira (15), o deputado estadual e 1º Secretário da mesa diretora Jailson Lima da Silva deu uma prévia dos trabalhos que iniciam o segundo ano deste mandato. Relatou sobre a cobrança de R$ 8,59 milhões que os servidores do Ministério Público do Tribunal de Contas fazem ao Estado de Santa Catarina.
    Em entrevista ao jornal Diário Catarinense no dia 17 de janeiro, o secretário da Fazenda, Nelson Serpa, foi claro: ‘’Evidente que isso tem que ser bem auditado. Da forma que veio, a gente verificou que deveria fazer uma crítica. Primeiro, se o valor é devido e depois se é esse o valor. Minha primeira avaliação é que não é devido’’, afirmou.
    O deputado Jailson Lima encaminhou um pedido de informação, aprovado em Plenário na última semana, solicitando todas as informações referentes aos nomes, cargos e salários dos servidores que compõem o dito Ministério Público do Tribunal de Contas. Outro pedido já havia sido encaminhado ao Ciasc – Centro de Informática e Automação do Estado – solicitando informações precisas. No entanto, o presidente do órgão, João Rufino de Sales, respondeu que os dados são sigilosos e não podem ser fornecidos. ‘’Ele não sabe por que nós somos eleitos e não sabe o que diz a Constituição. E o Ciasc é um órgão público’’, relatou Jailson em referência a obrigatoriedade de qualquer órgão Estadual fornecer informações se solicitadas pelo Parlamento.
Luiz Hames
Assessor de Imprensa


Anônimo deixou um novo comentário sobre a sua postagem "Assalto aos cofres públicos": Eu tenho um certo tempo de serviço público e já vi alguns governos tentarem, sem sucesso, extinguir esse tal de MP junto ao TCE, que NADA FAZ e que não pertence ao Executivo (QUE O PAGA!!), nem ao Judiciário, nem ao Legislativo, e que nem mesmo "Ministério Público" é. Dizem que o verdadeiro MP fica P...da vida quando tentam compará-lo a esse MP Paraguaio aí...kkkkkk. Parece que a causa da impossibilidade de extinção é a diversidade de cores partidárias de seus integrantes, ou seja, tem gente de tudo quanto é Partido. Donde se conclui, meu caro Canga, que SERIA PRECISO UM GOVERNO MUITO, MAS MUUUUUUUITO MACHO MESMO PRA ACABAR COM ESSE ARRAIAL DA BARONESA! oRA, ORA...Não vai ser esse governo que aí está, que vai conseguir isso, cê não acha??? 


Anônimo deixou um novo comentário sobre a sua postagem "Assalto aos cofres públicos": Acho que realmente deve ser muito bem investigado para onde vai ou iria essa dinheirama toda. Soh gostaria de esclarecer uma coisa. O ministerio publico junto ao tribunal de contas nao faz parte do tce, sempre foi um orgao a parte, primeiro ligado ao executivo e depois independente. Mas que merecia uma boa investigacao merecia, a comecar pelos funcionarios, jah que nao tem nenhum concursado - com excecao dos ultimos procuradores. Devem ser amigos do rei para acabar parando em um orgao, mesmo sem concurso, e acumulando milhoes em atrasados!! Q beleza!! 


Comentário: Jailson Ling Dong Ling, o exmo depto. sabe que eh um chinesista de rabo tao longo e não regenerável quanto uma bernunça nativa das festividades de ano novo de Pequim... Caçar bandoleiros não o torna, tanto pelas carnes e pelancas das ratazanas lah degustadas quanto pelas qualidades que lhe sao (suas) peculiares, melhor que aqueles 盗贼, 混蛋 e 流氓 .
Assinado: 除魔盗贼

L.A. deixou um novo comentário sobre a sua postagem "Assalto aos cofres públicos": Caro Sérgio,
Não estou acompanhando diariamente seu blog em razão de problemas de saúde. Mas, gostaria de perguntar: Esta quantia de oito milhões será usada na aquisição de outros helicópteros para o Tribunal de Contas e seus procuradores? Ou será usada para outros fins?
 

Nenhum comentário: