sábado, 25 de fevereiro de 2012

Editor indignado

    Recebi do meu amigo editor Nelson Rolim de Moura este desabafo indignado:

    Canguita,
    Fiquei indignado com o anúncio de que o vice-governador Eduardo Pinho Moreira e o deputado Rogério Peninha Mendonça, no próximo dia 4, vão a Boston, nos EUA, para acertar a vinda de uma grande empresa de segurança norte-americana para atuar em Santa Catarina. Então estes dois não sabem que os ianques minaram o governo do Jango durante um longo período, trazendo para cá milhares de agentes, instituições e congêneres com o objetivo de minar o governo democrático, e conseguiram promover o golpe militar de 1964? 
     Eram tempos, como durante toda a década de 70, em que os EUA participaram de sangrentos golpes em vários países da América Latina. Hoje já não podem intervir diretamente para derrubar os governos eleitos democraticamente, mas se sabe que a CIA alimenta a violência em nosso país promovendo o ingresso de armas de todos os tipos e as entregando aos marginais, tentando demonstrar que o Brasil é um "país instável". Ao desequilibrarem o nosso país, líder no continente latino-americano, abrem caminho para todo o tipo de manobra contra os outros países, bem mais vulneráveis. 
     Claro que eles sabem muito bem e devem estar sendo muito bem recompensados para introduzir uma "empresa de segurança" norte-americana em nosso estado, e com ela  mercenários, a CIA, o FBI e todo o tipo de escroque internacional que vivem a pilhar e violentar os povos pelo mundo inteiro.
     Creio que esse "convite ou acerto" é totalmente inconstitucional, pois não se pode tolerar que dois imbecis promovam esta patifaria.
     Achei que o teu blog era o melhor lugar pra manifestar a minha indignação e espero que algum deputado acabe com esta indignidade anunciada por estes dois traidores.

Vitor deixou um novo comentário sobre a sua postagem "Editor indignado":
Meus Caros,
Isso é justificativa pra viajar!
Há poucos anos atras, um séquito de pralamentares catarinenses foram a Itália buscar os restos mortais de Anita Garibaldi, a Mãe da Itália (!), por ser ela catarinense!
Pouco sabiam os nossos ilustres apedeutas que Anita, além de ter seus descendentes na Itália é cultuada como heroina.
Mas, segundos eles, valeu a tentativa. Passearam, viram o Coliseu e devem ter comido pissa e macarronada!
E, o povo? SUS neles! Merenda escolar neles! Educação a distãncia neles!
Saudações companheiro.
Vitor 



Anônimo deixou um novo comentário sobre a sua postagem "Editor indignado":
Canga, só pode ser palhaçada de alguém essa notícia. Empresa de segurança, no Brasil, só de brasileiros, caso contrário a POlícia Federal não dá o credenciamento, tá na lei. Somos a casa da mãe joana, mas nem tanto! 

Mário Medaglia deixou um novo comentário sobre a sua postagem "Editor indignado": Boa pauta, se alguém tiver coragem para levá-la adiante. Algum veículo de fora do estado talvez se interesse. Por aqui vai ser difícil. Tem muito cala-boca para silenciar a mídia local. 

Osvaldo Peixoto deixou um novo comentário sobre a sua postagem "Editor indignado": Tá tudo errado. Isso não é tarefa do Legislativo. Isso é falcatrua. Eles vão atrás das empresas, se tornam "padrinhos" e engordam as contribuições eleitorais. Vejam o caso do deputado Jailson Lima, que tá caladinho por sinal, de tanto ir à China tornou-se sócio de uma empresa com escritório no RJ. Eleitos no legislativo seja que nivel for, eles aceitam cargos no executivo que é sua tarefa fiscalizar. De que jeito ??? O Brasil realmente não tem povo, tem público e de sobra.
 Roberto Scalabrin deixou um novo comentário sobre a sua postagem "Editor indignado": Não entendi! Trazer empresa de segurança para que? Para trabalhar para o governo ? Tem como esclarecer ??!? Roberto Scalabrin 

Um comentário:

Anônimo disse...

Será que é a empresa que vai administrar as "coleiras" dos presidiários? Mais um negócio da Trirradial?

Att, Pirineu Pirrelli