domingo, 7 de junho de 2015

Pedacinho do Céu


   A Dona Zenaide, 75 anos, é uma amostra de vida feliz e camarada. Viúva com oito filhos, criou a todos com alegria e trabalho à beira-mar. No Pântano do Sul, sobre as areias brancas, ela comanda, literalmente, um Pedacinho do Céu. Fica no lado direito de quem entra na praia, uma das mais lindas paisagens da Ilha, gaivotas e peixes numa eterna luta de corpos, azul cintilante nas ondas das águas límpidas do sul, após o vento cantado por Cruz e Souza que a tudo varre e purifica.
   Ela faz as melhores tainhas assadas que as brasas podem preparar. Postas fritas, pirão, batata doce assada, canjica e caipirinha. Cervejas geladas como os pinguins que vivem no quadrante sul, misturando os ares da serra com o malte dos campos. Originais.
   Preços adequados para a época de arrocho fiscal. Um passeio pela culinária típica do pescador local.
   Confiram...


Um comentário:

Anônimo disse...


Grande exemplo...