terça-feira, 26 de abril de 2011

Maria Louca tem piti e toma gravador de jornalista

Irritado com pergunta, senador toma gravador de repórter da Band e apaga gravação

Izabela Vasconcelos
O senador Roberto Requião (PMDB-PR) se irritou com uma pergunta do repórter Victor Boyadjian, da Rádio Bandeirantes, e arrancou o gravador do jornalista, que ficou várias horas sem o equipamento. O senador só devolveu o aparelho no final desta tarde (25/4), mas apagou a gravação em que respondia ao questionamento do repórter, se abriria mão de sua aposentadoria como ex-governador do Paraná.

“Ele pegou o gravador e saiu resmungando, dizendo que queria bater no ‘moleque’. O filho dele, que estava no gabinete, me devolveu o gravador, mas não estava com a gravação”, contou o repórter.

Requião preferiu não falar com a imprensa, mas justificou sua atitude em seu perfil no Twitter, dizendo que não tem “sangue de barata”.

"Acabo de ficar com o gravador de um provocador engraçadinho. Numa boa, vou deletá-lo."

Em outro comentário, deu a entender que poderia deletar o conteúdo, já que eram suas palavras. “Sou dono da minha entrevista e da minha opinião”.

Parlamentares não podem ser denunciados na Polícia
Segundo o G1, o jornalista tentou registrar queixa na Polícia do Senado, mas teve o pedido recusado, já que apenas a corregedoria da Casa pode registrar ocorrências contra parlamentares. No entanto, o Senado ainda não tem um novo corregedor, desde a morte de Romeu Tuma. Boyadjian então decidiu registrar o caso na 1ª Delegacia de Polícia de Brasília.

O presidente do Comitê de Imprensa do Senado, Fábio Marçal, também enviará uma representação ao presidente da Casa, José Sarney (PMDB-AP), para reclamar da atitude de Requião. Do Comunique-se.


Augusto J. Hoffmann deixou um novo comentário sobre a sua postagem "Maria Louca tem piti e toma gravador de jornalista...": Requião é um bom político. Autêntico, destemperado, de vez em quando viaja...escorrega na maionese. Logo ele, advogado e jornalista. Homem de muitos inimigos, bate de frente com o sistema corruptor e, por isso, tem seus percalços. Mesmo assim, em que pese seu erro e atentado à liberdade de expressão, melhor ele "maria louca" do que bem comportados e equilibrados usurpadores do erário público. Se sua aposentadoria é indecente, imoral etc, que se explique, como o Richa, o que cortou a verba, coerentemente mantém a da sua mãe, na mesma rubrica e valor. Bronquiado, Requião tem razão em ficar. 

Um comentário:

Augusto J. Hoffmann disse...

Requião é um bom político. Autêntico, destemperado, de vez em quando viaja...escorrega na maionese. Logo ele, advogado e jornalista. Homem de muitos inimigos, bate de frente com o sistema corruptor e, por isso, tem seus percalços. Mesmo assim, em que pese seu erro e atentado à liberdade de expressão, melhor ele "maria louca" do que bem comportados e equilibrados usurpadores do erário público. Se sua aposentadoria é indecente, imoral etc, que se explique, como o Richa, o que cortou a verba, coerentemente mantém a da sua mãe, na mesma rubrica e valor. Bronquiado, Requião tem razão em ficar.