terça-feira, 30 de junho de 2015

Presente de grego

Nota no Cacau Menezes (DC)
   O pessoal do Campeche e sul da Ilha não entendeu direito a proposta do deputado João Amin, de dar o nome de Luiz Henrique da Silveira ao elevado que está sendo construindo no "trevo do Rio Tavares". 
   
   João Amin estaria, por falta de idéias próprias, embarcando no modismo peemedebista de colocar o nome do falecido senador em obras "por toda a Santa Catarina"? 
    
   Ou estaria prestando uma "justíssima" homenagem ao falecido senador pelas grandes obras realizadas em Florianópolis como o "metrô de superfície", a restauração da ponte Hercílio Luz, a Arena Multiuso, de Canasvieira, a mudança de nome do Palácio da Agronômica para a pedante Casa D'Agronômica e trazer para a cidade o hospital da rede Sara Kubitschek.

   Finalmente podemos citar o grandioso show do tenor italiano Adrea Bocelli que nunca aconteceu e custou milhões de reais à população, em um golpe aplicado por LHS e seu acólito, Dário Berger, à época, prefeito de Florianópolis.

   A população do sul da ilha, não está afim deste presente de grego, senhor deputado. Sugira o nome do governador mais denunciado por corrupção em SC, para alguma obra nos bairros de Itaguaçu e Bom Abrigo, quem sabe!

4 comentários:

Anônimo disse...

sugiro como nome "CUTTUPTUTO" em homeangem aos corruptos que ganham, dinheiro por "Toda Santa Catarina" e os funcionários públicos que sabem e se calam comprados por carguinhos fajutas

Mané_Estrangeiro disse...

Assim fica dificil defender o sobrenome Amim. Dona Ãngela, por favor, dê um corretivo nesse menino antes que seja tarde.

Anônimo disse...

Tá um pouco perdido , o moço ! Primeiro , quis ser vice prefeito : desistiu .... Ai foi " ser" deputado estadual pelo PP ... Agora namora o PMDB .... Não sei não ...... Precisa se encontrar . Pisando em duas pranchas ao mesmo tempo!

Léo disse...

Com certeza ali mesmo tem muito mais gente que mereceria tal homenagem.
Em Joinville, com certeza ele seria um grande "homenageável"... rsrsr