domingo, 21 de fevereiro de 2010

Juiz eleitoral confirma cassação de Kassab, vice e oito vereadores

Justiça brasileira começa a punir políticos corruptos para surpresa da população. Enquanto isso em Santa Catarina o vice-governador Leonel Pavan, pego em gravações da PF com a mão na massa, pinta e borda, debocha da população e vai assumir o governo do estado. Vergonha!!!!

Do G1, em São Paulo

Magistrado diz que recurso garante permanência no cargo. Eles são acusados de receber recursos de fontes vedadas.

Juiz da 1ª Zona Eleitoral de São Paulo, Aloisio Sérgio Resende Silveira confirmou neste domingo (21) a decisão sobre a casssação do mandato do prefeito Gilberto Kassab, da vice-prefeita Alda Marco Antônio e de pelo menos oito vereadores, por captação ilícita de recursos. A decisão deverá ser disponibilizada nesta segunda-feira (22) no site do Tribunal Regional Eleitoral e publicada na terça-feira (23) no Diário Oficial. Beba na fonte.

Aline Graziela deixou um novo comentário sobre a sua postagem "Juiz eleitoral confirma cassação de Kassab, vice e...": O Brasil é um país de políticos impunes e de uma justiça totalmente conivente com a malandragem (exceto quando a malandragem vem do conjunto PPP). Partindo desta premissa, que o normal (a regra) é roubar e ficar impune, a lógica da presunção de inocência se inverte. Concluímos, então, que todo político é ladrão e todo juiz é corrupto, até que provem sua inocência, e não o contrário. Sendo assim, não estranha que pessoas de bem do MP, da Política Federal e de outros órgãos fiscalizadores deixem fugir algumas informações preciosas para o grande público. O medo de que estas informações cheguem na justiça e sejam destruídas, ou nunca cheguem ao conhecimento do público, é grande. Não sabemos da missa nem a metade..

Alberto deixou um novo comentário sobre a sua postagem "Juiz eleitoral confirma cassação de Kassab, vice e...": Segundo noticia veiculada na imprensa, a prioridade do atual presidente do TJ/SC, e aumentar de 50 para 68 o numero de desembargadores, portanto, nossos “ilustres” Desembargadores, nao estão nem ai para o que esta acontecendo em outros tribunais pelo Brasil afora, que estão começando fazer valer a Lei contra políticos corruptos. Vivem, os Magistrados de Santa Catarina, numa verdadeira ilha da fantasia, desconsiderando totalmente a opinião de quem paga seus enormes salários, ou seja, o povo catarinense.
Alberto

João Frederico H. Leite deixou um novo comentário sobre a sua postagem "Juiz eleitoral confirma cassação de Kassab, vice e...": Engaçado tem JUSTIÇA em todos os estados brasi-leiros, menos em SC. O ocorrido no governo de
SC em qualquer estado da federação daria cadeia
e grande, aqui passou em branco.
João Frederico H. Leite
Urussanga - SC


5 comentários:

Anônimo disse...

Segundo noticia veiculada na imprensa, a prioridade do atual presidente do TJ/SC, e aumentar de 50 para 68 o numero de desembargadores, portanto, nossos “ilustres” Desembargadores, nao estão nem ai para o que esta acontecendo em outros tribunais pelo Brasil afora, que estão começando fazer valer a Lei contra políticos corruptos. Vivem, os Magistrados de Santa Catarina, numa verdadeira ilha da fantasia, desconsiderando totalmente a opinião de quem paga seus enormes salários, ou seja, o povo catarinense.

Alberto

João Frederico H. Leite disse...

Engaçado tem JUSTIÇA em todos os estados brasi-
leiros, menos em SC. O ocorrido no governo de
SC em qualquer estado da federação daria cadeia
e grande, aqui passou em branco.

João Frederico H. Leite
Urussanga - SC

Aline Graziela disse...

O Brasil é um país de políticos impunes e de uma justiça totalmente conivente com a malandragem (exceto quando a malandragem vem do conjunto PPP). Partindo desta premissa, que o normal (a regra) é roubar e ficar impune, a lógica da presunção de inocência se inverte. Concluímos, então, que todo político é ladrão e todo juiz é corrupto, até que provem sua inocência, e não o contrário. Sendo assim, não estranha que pessoas de bem do MP, da Política Federal e de outros órgãos fiscalizadores deixem fugir algumas informações preciosas para o grande público. O medo de que estas informações cheguem na justiça e sejam destruídas, ou nunca cheguem ao conhecimento do público, é grande. Não sabemos da missa nem a metade...

Carlos disse...

Em alguns lugares ainda temos uma justiça de primeira instância menos comprometida com os govesnantes, daí saem algumas condenações. Mas ao chegar lá em Brasília, o TSE acaba com a alegria daqueles que esperam a punição dos desvios eleitorais. Depois daquela votação da cassação do LHS, onde 3 votos contra viraram seis a favor, aparentemente do nada, fica difícil esperar alguma justiça neste país.

Gentil disse...

E daí Paulinho Bornhausen, o papai vai mandar explusar o Kassado também? Quem sabe não mudam uma vez mais o nome do partido (PFL >> Dem(o) >> ?) para limpar a casa!