quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

A TRILHA DA LUA CHEIA

Chegou o segundo livro da saga Diogo & Diana, escrita por Tabajara Ruas e Nei Duclós

Uma palinha do primeiro capitulo:

 — Aqui está a chave de tudo — disse Kandir suavemente, depositando o Diário sobre a mesa, diante do professor Gajeta.
    Os olhos do velho professor brilharam. Ele tirou os óculos,limpou‑os meticulosamente com o lenço e depois os acomodou sobre o nariz achatado como o de um boxeador, com pensativalentidão.
— Isto é um tesouro.
Acariciou o livro de couro com a mão trêmula. A grossa capa do Diário, envelhecida no fundo de um navio naufragado havia quatro séculos, exalava um discreto cheiro de fundo de mar. O professor o aspirou profundamente. Ficou inebriado por um curto instante.
— De onde você tirou isso?
— Vamos dizer que isso é um segredo, professor. Por enquanto.
— Kandir, seu pirata sem escrúpulos.
Abriu o livro e seus olhinhos ávidos percorreram as páginas.
— É lindo, lindo... Vale um harém só de mulatas, professor Kandir. Veja essa caligrafia.
— Difícil?
— Não quero parecer pretensioso, mas acho que talvez não seja tão difícil assim.
— O que pode ser?
— A mistura não é estranha. Galego medieval, um pouco de latim, e algumas coisas em árabe. Tem mais aqui.

Nenhum comentário: