quarta-feira, 28 de março de 2012

Gean Loureiro usa estrutura da Prefeitura para campanha em seu blog

     Em parceria com o Temperos & Apimentadas 

    Ilegal e imoral
    A campanha em prol de Gean Loureiro é mais do que acintosa, vergonhosa ou politiqueira. É ilegal. Ou deixou de ser crime misturar a coisa pública com a privada?   E, indubitavelmente, é imoral. Usam, abusam e lambuzam da estrutura da Prefeitura de Florianópolis em benefício da sua candidatura. Há semanas observamos que as matérias publicadas no site da prefeitura são, ipsis litteris, às publicadas na página do candidato Gean Loureiro. As fotografias também são as mesmas e, estranhamente, sem crédito para os fotógrafos. Poderiam tentar alegar que o candidato reaproveita o material da Prefeitura. Não. Nem tentem, por favor. 
    Observem a ilustração (clica para ampliar) de nota publicada na página do candidato na sexta-feira, 23 de março.
      Mistura perigosa

     A mesmíssima matéria divulgada no site de Gean foi publicada depois, na segunda-feira, na página de notícias da Prefeitura de Florianópolis (ilustração). Ora, não poderia o Poder Público usar um material pessoal de um político para informar sobre uma realização de este próprio Poder Público. Gean está utilizando o material oficial da Prefeitura para sua página particular? A Prefeitura está usando os serviços dos assessores particulares de um político? Pelos textos e imagens fica evidente que o material produzido para a Prefeitura e para o Gean é o mesmo. Ou os assessores do candidato e da administração municipal escrevem iguaiszinhos? E fotografam com a mesma lente, pelos mesmos ângulos?
  
    Alô MP e MPE
     Nesta singela montagem (CLICA QUE AMPLIA) apenas um aperitivo daquilo que, sistematicamente, vem sendo publicado. O vínculo é indiscutível. O crime ou imoralidade é praticado embaixo dos nossos narizes e das narinas daqueles que deveriam fiscalizar. A vergonha dos políticos inescrupulosos há tempos evaporou. Essa irregularidade precoce antecede a homologação da pretensa candidatura. Ilegal ou imoral, merece atenção especial. Merece uma ação de assepsia. Será que ninguém investigará essa incestuosa relação? Nem na Câmara? Quem sabe uma CPI? A esperança é que a informação chegue ao Ministério Público. E ao Ministério Público Eleitoral. Afinal, estamos falando da coisa pública!

2 comentários:

Anônimo disse...

Canga, isso não é novidade pra ninguém. Há muito tempo o pupilo do prefeito Dário Berger, com seu aval, vem usando indiscriminadamente a máquina da prefeitura para fazer sua campanha.
É ó acompanhar as notícias e constatar que em qquer ato o Gean aparece mais que o prefeito. Faz inaugurações, representa o prefeito, dá palestras...Enfim praticamente Dário deu a chave da cidade para su pupilo fazer oque quiser.

José Correa

Anônimo disse...

Se instalou de da prefeitura de Florianópolis, uma máfia que vai fazer o possível e o impossivel para continiuar no poder. Dário, Gean, Hauen e Gerson Tombasso. A campanha nem começou e a baixaria tá rolando solta. Aliás, nossa cidade merecia candidatos em melhores que os apresentados até agora.

Zé Luiz