terça-feira, 24 de abril de 2012

Blogueiro maranhense executado a tiros

Foto
DÉCIO SÁ
    O jornalista Décio Sá, 42, um dos mais conceituados blogueiros do Maranhão, foi executado a tiros na Avenida Litorânea, em São Luís, agora há pouco. Ele estava com amigos no bar Estrela do Mar quando uma moto parou e, enquanto o condutor aguardava, o carona desceu e disparou seis tiros à queima-roupa. Dois o atingiram pelas costas, quatro na cabeça. Décio Sá trabalhava no jornal O Estado do Maranhão, pertencente à família Sarney, e fazia também no Blog do Décio, um dos mais lidos do Estado. O delegado encarregado do caso, Gutemberg Carvalho Rego, acredita em crime por encomenda, até pelo calibre da arma, que é ponto 40, privativo da polícia. "O fato de a pessoa ter agido com o apoio de outra, ter entrado até o fundo do bar, ido ao banheiro, esperado ele retornar e disparar contra a vítima seis tiros, sem dar chance dele escapar, tudo isso indica de que o crime tenha sido premeditado", afirmou. Décio teria entrado no bar e pedido caranguejo. Pouco depois, seu celular tocou e ele saiu para atender. Na volta, foi surpreendido por um homem de grande porte, que teria disparado os tiros contra. O suspeito teria corrido para um morro nas proximidades, onde a polícia encontrou o carregador de uma pistola compatível com os projéteis retirados pela perícia do corpo do jornalista. Do Cláudio humbertohttp://www.claudiohumberto.com.br/principal/)

5 comentários:

Anônimo disse...

Visse o que acontece com boca grande? Vá la no blog dele e veja se as matérias não são parecidas com as suas(www.blogdodecio.com.br)seu gaùcho safado, que agora anda pedindo esmola pra sobreviver.

Anônimo disse...

Safado és tu que não suportas ver as denúncias sobre teus amigos ou patrões. Jornal para ti só serve para limpar a bunda.

Anônimo disse...

Coitado do anônimo aí de cima. Nem imagina o que o destino lhe reserva.

BV

Anônimo disse...

Tinha um certo inseto que se dizia valente e que não tinha medo de combater a corrupção de Santa Catarina. Depois também passou a pedir esmolas pra sobreviver e, no final, terminou se enforcando. Não aguentou a pressão e se acovardou, preferindo a própria morte.

Anônimo disse...

Reserva só fazemos para quem paga o bilhete.
Corruptos devem pagar em espécie na hora do embarque.
Suas mulheres serão aliadas da causa.

Somos OVNIS e linotipistas.