domingo, 22 de novembro de 2015

Hi Fi...

   por Marcos Bayer

   O nome é inspirado no programa "Crush em Hi-Fi" exibido pela TV Record no início dos anos 60 apresentado pelos irmãos Tony e Celly Campello.
   "Crush" é o nome de um refrigerante de laranja, patrocinador do programa. "Hi-Fi" é o nome de uma tecnologia (abreviatura da expressão em inglês "High Fidelity", alta fidelidade) recém-criada na época, que tentava aproximar a reprodução do som gravado ao som real.
   Pois bem, faz algum tempo e o dinheiro para tomar a cerveja santa de cada dia estava escasso... Dava só para umas cinco ou seis diárias, na Praia da Joaquina, no inverno, no Bar do Carécio ou do Maurílio II.
   Eram os dois irmãos Andrino de Oliveira, o Já Já e o Caçula, mais alguns nativos da Lagoa que iam quase diariamente à Joaquina para ver a pesca da tainha... Bater papo e beber cerveja...E eu na roda com eles...
   Um dia fomos beber e apareceu o Portátil... Figura ímpar, bar man, leve e pequeno na estatura... por isto mesmo é portátil... Grande cozinheiro, também...
   Alguém lembrou do Hi Fi, bebida do tempo da Cuba Libre (Coca-Cola com Rum de Cuba)...
   Hi Fi daqui, Hi Fi dali e dá-lhe Hi Fi...
   Até que o Portátil falou em Fai Rai... Fai Hai era outro tipo de Hi Fi...
   Era uma bebida inventada pelo próprio quando estava completamente duro, sem grana...
Fai Rai...
   A curiosidade me fez perguntar: Mas, o que é o Fai Rai...
   Ele disse: - É cachaça, cana da pura, com Ki - suco... Aquele em pó nos envelopes coloridos...
   E da-lhe Fai Rai...
   Aí ele completou: -Quando não tem Ki - suco, vai borra de café mesmo...
Borra de café na cachaça...
Perguntei, por que??? Ele respondeu que era para esconder a cachaça...
kkkkkkkkkkkkkkk...
   E terminou, solenemente: - Fai Rai é coisa de mané da Lagoa...
   É "Faz Raio"... Fai Rai na nossa língua... Fai Rai na cabeça...
   Este é o Portátil...


Nenhum comentário: