domingo, 6 de maio de 2012

Prezado Jornalista Sergio

    Fui apresentado ao seu blog, pelo blog do Mosquito (que saudades), sempre via o blog dele, com as vergonhas estampadas para todos verem... mas a vida segue seu curso.
    Sempre leio o seu Blog, e acho ótimo os assuntos descritos.... como sempre "coisas do nosso governo"
    Pois bem, sou empregado publico, da Cidasc, trabalho na Auditoria Interna... por ai já deves pensar que vem "coisas" também... A Auditoria Interna, é um órgão obrigatório em todas as empresas publicas, verificando problemas, inconsistências, e "cagadas", que se pudesse numerar, um email é pouco.
     A Cidasc (Companhia Integrada de Desenvolvimento Agricola de Santa Catarina) é uma empresa vinculada a Secretária de Agricultura e Pesca (do  secretário João Rodrigues - bem, dele não se pode falar... se não...) e esta empresa, em termos gerais, trabalha com a fiscalização do agronegócio de SC.
    Em muitas regionais temos o problema de déficit de pessoal, poucos administrativos e médicos veterinários. Até ai, você pode estar pensando que vou falar que "tem que contratar mais pessoas!, já foi feito o concurso!?, porque o Governo não contrata?", porém o que mais fico triste, é ver que temos funcionários que recebem até R$6.200,00 em hora extra!, isto mesmo Seis Mil e Duzentos Reais em HORA EXTRA!!!, e já tivemos casos de R$ 10.000,00!!!, para fazer o que?
 
- Ficar na Barreira Sanitária (em locais que depois as 18:00hs, não passa mais ninguém;
 - Efetuar outros serviços que não são de sua função (técnicos agricolas que fazem serviços administrativos) e outros.
     Com as horas extras poderia ser contratado mais 2 Adms, que resolveria o problema e sairia mais barato, poque o custo para o ADM inicial, não sai por mais de R$1800,00
 
    Peço a gentileza de conservar meu anonimato.... sabes como é?!:) até que eu consiga uma "loteria acumulada", não da para se mostrar, depois que conseguir... ai se joga a M. no ventilador" (risos)
 agradeço a atenção
 Leitor

3 comentários:

Roberto Scalabrin disse...

No DETER não é diferente. São poucos os funcionários efetivos que não se aposentaram e sabem o que estão fazendo. No mais são contratados terceirizados e estagiários que pela rotatividade não vão preservar a memória da autarquia. Assim, o DETER está em rumo da extinção e com a CIDASC não será diferente. Só serão mantidos se os empresários dos dois setores continuarem com essa farsa de manter as instituições funcionando para se dizerem fiscalizados, mesmo que de mentira. Também peço que me preserve o nome. Grato

Anônimo disse...

A Secretaria do Desenvolvimento Econômico Sustentável do secretário Paulo Bornhausen encontra-se em situação semelhante, talvez até pior, foi realizado concurso, mas apenas parte dos aprovados foram convocados, "demais serão admitidos somente por via judicial", assim garante o setor jurídico da Secretaria. A sobrecarga de trabalho sobre os efetivos é grande, como também é por lá a farra dos cargos comissionados.

Anônimo disse...

Se alguém conhecer algum aprovado neste concurso, avise-o que as vagas estão em aberto à espera de um mandado de segurança.